4 de Maio de 2017 / às 10:21 / 4 meses atrás

Crescimento de serviços da China desacelera para menor nível em quase um ano, mostra PMI do Caixin

PEQUIM (Reuters) - O crescimento do setor de serviços da China desacelerou para o ritmo mais fraco em quase um ano em abril, uma vez que temores de uma expansão econômica mais fraca afetaram a confiança empresarial, mostrou nesta quinta-feira a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) do Caixin/Markit.

O PMI de serviços caiu a 51,5 de 52,2 em março, quarto mês de recuo, sugerindo que o setor cresceu no ritmo mais fraco desde maio de 2016.

O PMI Composto do Caixin Markit, que reúne indústria e serviços, também indicou perda de força do crescimento no mês ao cair para 51,2, nível mais baixo desde junho de 2016, ante 52,1 em março.

Analistas projetam que a economia da China vai lentamente perder força nos próximos meses após um primeiro trimestre forte, quando expandiu 6,9 por cento.

"Um ponto de virada no crescimento parece ter surgido no início do segundo trimestre. Os investidores devem ficar cautelosos sobre os riscos na economia", disse Zhengsheng Zhong, diretor de análise macroeconômica do CEBM Group.

As empresas de serviços permaneceram em geral otimistas de que a atividade vai aumentar ao longo do próximo ano, de acordo com a pesquisa. Mas o grau de sentimento positivo caiu para a mínima de cinco meses e a criação de vagas de trabalho desacelerou para o menor nível até agora no ano.

Reportagem de Yawen Chen e Nicholas Heath

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below