5 de Maio de 2017 / às 21:53 / 5 meses atrás

ChemChina consegue aprovação para concluir compra por US$ 43 bi da Syngenta

Logo da ChemChina na sede da empresa em Pequim 03/02/2017 REUTERS/Thomas Peter

ZURIQUE (Reuters) - A ChemChina já conseguiu mais apoio que o necessário de acionistas da Syngenta para concluir a compra por 43 bilhões de dólares do grupo suíço de pesticidas e sementes, disseram as duas companhias nesta sexta-feira.

O acordo, anunciado em fevereiro de 2016, foi impulsionado pela vontade da China de usar o portfólio da Syngenta de químicos de primeira linha e sementes protegidas por patentes para melhorar a produção agrícola doméstica. É a maior compra estrangeira pela China já registrada.

Este é um dos diversos acordos que estão reconstruindo o mercado internacional de químicos, sementes e fertilizantes agrícolas.

Os outros acordos no setor são a proposta de fusão da Dow Chemical com a DuPont no valor de 130 bilhões de dólares e o plano da Bayer de fundir-se à Monsanto.

A tendência em direção à consolidação do mercado provocou temores entre produtores de que o caminho para novos herbicidas e pesticidas pode diminuir.

Por Michael Shields

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below