8 de Maio de 2017 / às 12:18 / 6 meses atrás

Macron será duro nas negociações do Brexit, mas não buscará punir britânicos, diz conselheiro

LONDRES (Reuters) - O presidente eleito da França, Emmanuel Macron, será duro nas negociações sobre os termos da saída do Reino Unido da União Europeia, mas não buscará punir os britânicos, disse seu conselheiro econômico, Jean Pisani-Ferry, nesta segunda-feira.

Pisani-Ferry disse que ninguém tem interesse em um Brexit duro que rompa totalmente os laços entre o Reino Unido e o resto da União Europeia, dizendo que há interesse mútuo em manter os laços econômicos e de segurança.

“Ao mesmo tempo, temos interesses divergentes em alguns aspectos das negociações. Portanto será uma negociação dura e ele será duro”, disse Pisani-Ferry à BBC Radio, acrescentando que Macron não vai buscar retaliação contra o Reino Unido por deixar a UE, mesmo buscando fortalecer o bloco.

“Punir? Certamente não. Mas ele acredita que hoje a Europa é parte da solução para os problemas que enfrentamos.”

Por Alistair Smout

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below