9 de Maio de 2017 / às 10:14 / em 6 meses

Presidente do BC do Japão espera alcançar meta de inflação com atual afrouxamento monetário

TÓQUIO (Reuters) - O presidente do banco central do Japão, Haruhiko Kuroda, afirmou nesta terça-feira esperar que a meta de inflação de 2 por cento seja alcançada em torno do próximo ano fiscal se a autoridade monetária continuar com seu atual afrouxamento monetário.

Falando ao comitê de política monetária e fiscal da Câmara Baixa, Kuroda afirmou que o Banco do Japão ajustará a política monetária se necessário, mas que recentemente melhorou o cenário econômico do Japão e que a economia global está mais forte.

“O déficit de produção do Japão está melhorando rapidamente e o mercado de trabalho está apertado”, disse Kuroda.

“Se continuarmos com nosso afrouxamento monetário agressivo acho que a inflação alcançará 2 por cento em torno do ano fiscal de 2018. Entretanto, adiamos esse objetivo, então quero observar as expectativas de inflação e responder rapidamente se necessário.”

O Banco do Japão fez a avaliação mais otimista da economia em nove anos em sua reunião de política monetária no mês passado, mas Kuroda disse que as expectativas de inflação permanecem fracas, sugerindo que o banco central manterá o afrouxamento monetário por algum tempo.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below