23 de Maio de 2017 / às 00:07 / 3 meses atrás

Fazenda diz que decisão da S&P reflete eventos políticos e reafirma compromisso com reformas

(Reuters) - O Ministério da Fazenda disse que a decisão da agência de classificação de crédito S&P de colocar a nota de risco soberano do Brasil em observação negativa se deve à incerteza criada pela crise política e reforçou seu foco na recuperação econômica e na realização das reformas.

"O CreditWatch é um alerta de curto prazo para a classificação de risco e, no caso do Brasil, reflete aumento da incerteza relacionada aos eventos políticos recentes", diz a Fazenda em nota divulgada logo depois do anúncio da S&P, na noite desta segunda-feira.

A Fazenda diz que a S&P informa que a atual nota de crédito do Brasil, "BB", pode ser mantida se a incerteza política for de curta duração e se a equipe econômica tiver apoio do Congresso.

"O Ministério da Fazenda reafirma o seu compromisso com a recuperação da economia brasileira por meio de reformas estruturais que objetivam o equilíbrio das contas públicas, a sustentabilidade da dívida pública e a construção de novas bases para o crescimento sustentado", conclui a nota.

Por Alexandre Caverni

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below