31 de Maio de 2017 / às 19:24 / 3 meses atrás

Chinesa CTG reduz ritmo de aquisições para consolidar ativos no Brasil, diz CEO

SÃO PAULO (Reuters) - A geradora de energia China Three Gorges vai reduzir o acelerado ritmo em que avançou com aquisições no setor elétrico brasileiro para consolidar os ativos já comprados até o momento, disse nesta quarta-feira o presidente da companhia no país, Li Yinsheng.

Ele afirmou que a CTG Brasil segue sempre analisando possibilidades de negócio, mas que o foco da companhia neste momento é se preparar para no futuro investir em novos projetos do país, com desenvolvimento e construção a partir do zero, ao invés de seguir em crescimento apenas com compras de ativos.

O foco da elétrica nessa nova fase deverá ser principalmente em hidrelétricas de médio porte.

O movimento da CTG não está associado ao acirramento da crise política no Brasil, mas ainda assim a tensão no país faz os investidores naturalmente serem mais cautelosos, disse Li, que falou com jornalistas após participar do Fórum de Investimentos Brasil 2017 em São Paulo.

Por Luciano Costa

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below