2 de Junho de 2017 / às 19:18 / em 4 meses

Petroleiras dos EUA adicionam sondas em operação pela 20ª semana seguida

(Reuters) - Empresas norte-americanas de energia adicionaram sondas de petróleo por 20 semanas consecutivas, com um melhor retorno para o negócio, embora alguns analistas esperem que o ritmo das adições possa estabilizar, já que os preços do petróleo ficam abaixo de 50 dólares por barril.

As petroleiras adicionaram 11 sondas na semana até 2 de junho, elevando a contagem total até 733, o máximo desde abril de 2015, disse a empresa de serviços de energia Baker Hughes nesta sexta-feira.

O resultado é mais que o dobro na mesma semana do ano anterior, quando haviam apenas 325 sondas ativas.

A recuperação dos preços de petróleo está paralisada desde fevereiro e os preços agora não são maiores do que em 2016. A experiência indica que a contagem de sondas vai parar de crescer em poucos meses, disse John Kemp, um analista de mercados da Reuters.

“A contagem de equipamentos ativos provavelmente atingirá o pico em junho ou julho, a menos que o preço do petróleo de referência West Texas Intermediate (WTI) comece a aumentar novamente acima de 50 dólares por barril”, acrescentou.

A produção norte-americana foi projetada para crescer a 9,3 milhões de barris por dia em 2017 e deve atingir 10 milhões de bpd em 2018, ante 8,9 milhões de barris por dia em 2016, segundo dados federais.

O petróleo Brent fechou abaixo de 50 dólares por barril nesta sexta-feira.

Por Scott DiSavino

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below