7 de Junho de 2017 / às 10:44 / 4 meses atrás

Índices acionários da China avançam após empresas pedirem a funcionários que comprem ações

XANGAI/HONG KONG (Reuters) - Os mercados acionários da China avançaram nesta quarta-feira, liderados pelo índice CSI300 de blue-chips que fechou na máxima de seis meses, uma vez que o crescente número de empresas listadas na bolsa incentiva os empregados a comprarem ações e com o banco central atuando para aliviar os receios de um aperto de liquidez no meio do ano.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 1,17 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta de 1,24 por cento.

A expectativa de que o MSCI inclua ações “A” da China em seus índices neste mês também estimularam o apetite dos investidores por ações de grandes empresas, com mais bancos de investimento prevendo uma boa chance de que tal movimento aconteça.

Ao longo da semana passada, os acionistas controladores de mais de uma dúzia de empresas listadas na bolsa pediram aos funcionários que comprassem as ações das empresas, prometendo absorver quaisquer perdas se permanecessem com as ações por pelo menos 12 meses.

Em resposta, as ações dessas empresas têm tido forte alta e o otimismo parece estar se espalhando, já que os investidores apostam que mais empresas farão algo parecido.

Já o índice regional MSCI estava praticamente estável nesta quarta-feira, com os investidores cautelosos antes da eleição no Reino Unido, da reunião do Banco Central Europeu e do depoimento a um Comitê de Inteligência do Senado dos Estados Unidos de James Comey, o ex-chefe do FBI demitido pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha queda de 0,05 por cento às 7:42 (horário de Brasília).

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,02 por cento, a 19.984 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,09 por cento, a 25.974 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 1,24 por cento, a 3.140 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 1,17 por cento, a 3.533 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,36 por cento, a 2.360 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,04 por cento, a 10.209 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,16 por cento, a 3.230 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,01 por cento, a 5.667 pontos.

Por Saikat Chatterjee, Luoyan Liu e John Ruwitch

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below