16 de Junho de 2017 / às 17:44 / 3 meses atrás

Petroleiras dos EUA adicionam sondas, mas ritmo perde força por preços baixos

(Reuters) - Petroleiras dos Estados Unidos elevaram o número de sondas em operação pela 22ª semana consecutiva, em uma recuperação das atividades de perfuração que já dura um ano, mas o ritmo das adições diminuiu nos últimos meses, conforme os preços do petróleo caíram para mínimas em 2017 apesar dos esforços da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) para acabar com o excesso de oferta global.

Petroleiras adicionaram seis sondas na semana até 16 de junho, levando a contagem total a 747 equipamentos, o maior nível desde abril de 2015, disse a empresa de serviços de energia Baker Hughes nesta sexta-feira.

Na mesma semana do ano passado havia 337 sondas em atividade.

O ritmo do crescimento no número de equipamentos em operação, no entanto, caiu nos últimos dois meses, acompanhando a queda nos preços do petróleo.

Por Scott DiSavino

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below