19 de Junho de 2017 / às 14:59 / 2 meses atrás

Bovespa busca recuperação e sobe 1% amparada em Embraer e Vale; política segue no radar

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista operava no azul nesta segunda-feira, buscando uma recuperação após quedas recentes, que seguraram o Ibovespa abaixo dos 62 mil pontos ao longo da semana passada, e tendo as ações da Embraer e da Vale entre os destaques positivos.

No entanto, investidores seguem adotando cautela com o cenário político local.

A primeira parte da sessão é marcada ainda por vencimento de opções sobre ações, o que favorece alguma volatilidade aos negócios.

Às 11:55, o Ibovespa subia 0,94 por cento, a 62.203 pontos. O giro financeiro era de 3,04 bilhões de reais.

No mais recente capítulo da crise política, o empresário Joesley Batista, um dos donos da JBS, enfatizou as acusações contra o presidente Michel Temer em entrevista à revista Época, além de dizer que Temer é chefe da "maior e mais perigosa organização criminosa do Brasil" e que ele usa a máquina do governo para retaliá-lo.

"Embora não tenha trazido grandes novidades, serve para esquentar o clima", escreveram analistas da corretora Guide Investimentos, em nota a clientes.

A expectativa agora é pela apresentação de uma denúncia contra Temer. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, tem até o dia 26 deste mês para apresentar a denúncia do inquérito que investiga se o presidente cometeu os crimes de obstrução de Justiça, organização criminosa e corrupção passiva.

DESTAQUES

- EMBRAER ON avançava 4,22 por cento, um dos maiores ganhos do Ibovespa, após notícia de que os Estados Unidos vão avaliar o avião de ataque A-29 Super Tucano, com potencial para se converter em compra de mais de 120 unidades e expectativa por novas encomendas.

- VALE PNA subia 4,66 por cento e VALE ON ganhava 3,29 por cento, em sessão de alta para os contratos futuros do minério de ferro na China.

- GERDAU PN tinha alta de 2,33 por cento, CSN ON avançava 2,24 por cento e USIMINAS PNA ganhava 1,25 por cento, também na esteira dos ganhos dos contratos futuros de aço e do minério de ferro na China.

- PETROBRAS PN subia de 1,06 por cento e PETROBRAS ON tinha variação negativa de 0,07 por cento, enquanto os preços do petróleo no mercado internacional operavam estáveis. A estatal divulgou nesta segunda-feira aumento de 3,9 por cento na produção de petróleo no Brasil em maio, para uma média de 2,18 milhões de barris por dia.

- JBS ON caía 2,72 por cento, liderando a ponta negativa do Ibovespa. Os papéis da empresa têm mostrado forte volatilidade desde a delação de seus executivos e em meio a especulações sobre vendas de ativos que têm ocorrido devido às multas pelo acordo de leniência com autoridades brasileiras.

Por Flavia Bohone

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below