21 de Junho de 2017 / às 16:17 / 2 meses atrás

Copersucar eleva lucros em 2016/17 com Eco-Energy e Alvean ganhando mercados

SÃO PAULO (Reuters) - O grupo brasileiro Copersucar reportou nesta quarta-feira um lucro líquido de 254 milhões de reais no ano-safra 2016/17, com alta frente aos 32 milhões de reais no ano anterior, devido a maiores preços do açúcar e maiores vendas em sua subsidiária Eco-Energy e na joint venture Alvean, parceria com a Cargill.

A Copersucar, formada por mais de 20 empresas de açúcar e etanol brasileiras, terminou a temporada 2016/17 com receitas totais de 23,8 bilhões de reais, expansão de 7,6 por cento na comparação com a temporada anterior.

"Nós tivemos uma pequena queda no volume de moagem de cana, mas melhores preços no açúcar e etanol na média da temporada, o que impulsionou as margens", disse a companhia em seu balanço.

As usinas associadas no Brasil moeram 87 milhões de toneladas de cana na safra terminada em março, 2,5 por cento abaixo do volume da temporada anterior.

A Copersucar vendeu 5,3 milhões de toneladas de açúcar, 3,6 por cento menos que em 2015/16. Em etanol, foram 4,2 bilhões de litros, queda de 16 por cento.

Mas a empresa disse que os resultados foram ajudados por maiores volumes vendidos em sua subsidiária Eco-Energy Biofuels, nos Estados Unidos, e na joint venture Alvean, na qual a Copersucar e Cargil detêm 50 por cento cada.

A Alven negociou 12,1 milhões de toneladas de açúcar no período, 5,2 por cento a mais que no ano-safra anterior, o que deu à joint venture uma participação de 26 por cento no comércio global de açúcar bruto.

O presidente-executivo da Copersucar, Paulo Roberto Souza, disse a repórteres durante uma teleconferência que a Alvean reportou melhores margens no ano anterior, aproveitando um mercado volátil para o açúcar bruto.

Ele disse que a joint venture aumentou a originação de açúcar no Brasil, fazendo negócios com usinas independentes. Souza acredita que poderia crescer outros 4 ou 5 pontos percentuais em volumes na nova safra.

A Eco-Energy elevou suas vendas de etanol nos EUA em 4,5 por cento em 2016/17, para 9,2 bilhões de litros.

"Eles ganharam participação em um mercado consolidado, então ganharam mercado dos concorrentes", disse Souza.

A Copersucar disse que a subsidiária agora detém uma fatia de 16 por cento no mercado americano para o biocombustível.

Souza disse que a Eco-Energy está em negociações com produtores de etanol nos EUA para ter acesso a novos fornecedores do biocombustível, como forma de ganhar ainda mais mercado.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below