23 de Junho de 2017 / às 18:31 / 2 meses atrás

Importação de açúcar pela China em maio sobe além do esperado antes de mudança em tarifa

Açúcar bruto para exportação à China é carregado em navio em Acajutla, El Salvador, 03/03/2015Jose Cabezas

PEQUIM (Reuters) - A China aumentou as importações de açúcar em níveis acima do esperado, uma vez que refinarias se apressaram para garantir o adoçante antes que Pequim colocasse elevadas tarifas sobre o açúcar estrangeiro durante o mês, mostraram dados nesta sexta-feira.

O maior importador global de açúcar comprou no exterior 186.765 toneladas de açúcar em maio, volume 38 por cento maior do que o importado no ano passado, mostraram dados alfandegários nesta sexta-feira.

Alguns analistas disseram que estavam esperando um volume menor, entre 100 mil e 150 mil toneladas, uma vez que refinarias estavam aguardando para receber novas licenças de importação.

No fim de maio, a China impôs pesados impostos sobre importações de açúcar que excedem a cota, tornando muito mais cara a importação de grandes produtores como Tailândia e Brasil, após forte pressão de usinas de açúcar domésticas.

O país também reduziu as licenças para essas importações para quase metade do permitido no ano passado.

As importações caíram ligeiramente ante o mês anterior, quando a China importou 190 mil toneladas, segundo dados da Administração Geral de Alfândegas.

Por Hallie Gu e Josephine Mason

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below