26 de Junho de 2017 / às 12:28 / 3 meses atrás

Consumo interno leva confiança empresarial da Alemanha para nova máxima

BERLIM (Reuters) - A confiança empresarial alemã aumentou inesperadamente em junho para nova máxima recorde, com o consumo interno forte e exportações robustas somando-se para deixar os executivos cada vez mais otimistas com as perspectivas de crescimento para a maior economia da Europa.

O instituto econômico Ifo, com sede em Munique, informou que seu índice de confiança empresarial, baseado em uma pesquisa mensal com cerca de 7 mil empresas, subiu para 115,1, ante 114,6 em maio. A leitura ficou acima da expectativa em pesquisa da Reuters de 114,4.

“A confiança entre as empresas alemãs é exultante”, disse o chefe do Ifo, Clemens Fuest, em comunicado.

“As empresas estavam significativamente mais satisfeitas com a atual situação dos negócios neste mês. Elas também esperam que os negócios melhorem. A economia alemã está se mostrando muito forte.”

O economista do Ifo Klaus Wohlrabe disse que nem a perspectiva da saída do Reino Unido da União Europeia nem a contagem regressiva para as eleições federais de setembro afetaram a confiança das empresas, embora as eleições possam ter um impacto em agosto.

O consumo privado foi um dos principais motores do crescimento e ainda há espaço para expansão das exportações, disse Wohlrabe à Reuters.

Por Paul Carrel

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below