28 de Junho de 2017 / às 22:06 / em 3 meses

Milho de MS e GO também receberá apoio do governo; leilões ocorrerão em 6 de julho

Plantação de milho em Indiana (EUA) 6/9/2016 REUTERS/Jim Young

SÃO PAULO (Reuters) - A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) realizará leilão de prêmios para apoiar a comercialização de 900 mil toneladas de milho de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás, sendo que o cereal desses dois últimos Estados receberá o apoio pela primeira vez na safra 2016/17, informou nesta quarta-feira o Ministério da Agricultura.

O objetivo dos chamados leilões de PEP e Pepro é viabilizar o escoamento da produção de uma grande safra, reduzindo a oferta nas áreas produtoras e dando suporte aos preços, que estão abaixo do valor mínimo garantido pelo governo. As operações, em geral, costumam incentivar exportações do país.

O governo federal subsidiará a comercialização de 300 mil toneladas de milho em cada um dos três Estados, de acordo com a assessoria de imprensa do ministério, que informou que o edital dos leilões deveria ser publicado ainda nesta quarta-feira.

Serão realizados leilões de Pepro e PEP nos três Estados.

O leilão de Pepro será realizado para 240 mil toneladas, e o de PEP, para 60 mil toneladas.

O anúncio da subvenção ao Mato Grosso do Sul e Goiás foi feita após a Conab ter comercializado prêmio para mais de 4 milhões de toneladas de milho de Mato Grosso (maior produtor do Brasil), desde o início de maio.

Por Roberto Samora

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below