30 de Junho de 2017 / às 13:39 / 5 meses atrás

ANP vai reavaliar aditivação compulsória de gasolina automotiva

SÃO PAULO (Reuters) - A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) suspendeu a entrada em vigor da obrigatoriedade de aditivação de toda gasolina produzida e comercializada no Brasil, considerando que é necessário rever a sistemática de implementação da mudança, segundo resolução publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira.

Posto de gasolina em São Paulo. 08/11/ 2016. REUTERS/Paulo Whitaker

“Dificuldades metodológicas e laboratoriais impossibilitaram o cumprimento do prazo”, disse a ANP. A implementação deveria ocorrer a partir de 1° de julho de 2017.

De acordo com a ANP, será realizado um “estudo de reavaliação” pelos segmentos envolvidos no processo de aditivação compulsória.

A agência ressaltou que é preciso avaliar a relação custo-benefício da medida e levar em conta uma melhoria da qualidade da gasolina comercializada no país em 2014, para atender limites mais rígidos quanto a emissões.

Acesse a íntegra da resolução da ANP no Diário Oficial: here

Por Luciano Costa; Edição de Raquel Stenzel

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below