30 de Junho de 2017 / às 17:29 / em 5 meses

Mercados acionários europeus sofrem maior queda mensal em 1 ano após trimestre agitado

MILÃO (Reuters) - Após uma sessão volátil nesta sexta-feira, os mercados acionários europeus registraram o pior mês e a primeira queda trimestral em um ano, uma vez que as preocupações com o aperto das condições monetárias pioraram o humor do mercado.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,44 por cento, a 1.491 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,34 por cento, a 379 pontos.

O STOXX acumulou queda de 2,7 por cento em junho, após quatro meses consecutivos de alta devido ao alívio das preocupações políticas na zona do euro e com a melhora das perspectivas econômicas.

Mas declarações “hawkish” de membros do banco central nesta semana impulsionaram os rendimentos dos títulos e o euro provocou uma ampla venda generalizada, com as ações que se beneficiam de taxas de juros mais baixas e empresas orientadas para a exportação sendo particularmente pressionadas.

Essas preocupações, juntamente com os temores sobre valores altos das ações em todo o mundo, levaram os mercados europeus a uma queda trimestral modesta de 0,5 por cento, apesar do resultado favorável ao mercado nas eleições presidenciais da França, o que provocou uma nova onda de compras.

“Em termos absolutos, os valores das ações européias parecem dilatados...”, disse o diretor de estratégia do Crédit Suisse. “Para ser mais construtivo em ações, é preciso uma consolidação desses níveis”.

Os movimentos setoriais, no entanto, foram fracos nesta sexta-feira. Enquanto os bancos, que se beneficiam de juros mais altos, recuaram 1 por cento, o setor de tecnologia teve alta de 0,4 por cento.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,51 por cento, a 7.312 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,73 por cento, a 12.325 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,65 por cento, a 5.120 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,58 por cento, a 20.584 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,82 por cento, a 10.444 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,22 por cento, a 5.152 pontos.

Por Danilo Masoni e Helen Reid

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below