5 de Julho de 2017 / às 16:02 / um mês atrás

Pedidos de recuperação judicial caem 25,8% no 1º semestre, diz Serasa Experian

SÃO PAULO (Reuters) - Os pedidos de recuperação judicial no Brasil recuaram 25,8 por cento no primeiro semestre em relação ao mesmo intervalo do ano passado, enquanto os de falência caíram 4,6 por cento na mesma comparação, mostraram dados da Serasa Experian nesta quarta-feira.

As micro e pequenas empresas lideraram as solicitações no período, respondendo por 403, ou quase 59 por cento, dos 685 pedidos de recuperação judicial, seguidas por empresas de médio porte (179) e grandes (103), segundo a pesquisa.

Entre as 829 falências solicitadas de janeiro a junho deste ano, 417 partiram de micro e pequenas empresas, o equivalente a 50,3 por cento do total. As grandes empresas apresentaram 222 pedidos de falência no semestre, enquanto as de médio porte responderam por 190 pedidos.

Os indicadores, na avaliação dos economistas da Serasa Experian, refletem a redução da inflação e dos juros, a estabilização do dólar e a retomada, ainda que lenta, da economia brasileira.

Apenas em junho, os pedidos de recuperação judicial recuaram 36,9 por cento ante maio e 33,9 por cento frente igual mês de 2016, para 111. Já os de falência caíram 30,4 mês a mês e 30,8 por cento sobre junho de 2016, informou a Serasa Experian.

Na véspera, a Boa Vista SCPC divulgou levantamento similar, no qual apontou quedas de 12,4 e 26,3 por cento em pedidos de falência e recuperação judicial, respectivamente, no primeiro semestre deste ano.

Por Gabriela Mello

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below