5 de Julho de 2017 / às 16:57 / em 5 meses

Demanda da China por minério de ferro pode cair com aumento da reciclagem de aço

MANILA/PEQUIM (Reuters) - A oferta de sucata de aço na China está aumentando, conforme antigos edifícios, pontes e carros produzidos ao longo de décadas de rápido crescimento econômico estão sendo derrubados, desmontados ou esmagados.

Isto deve fazer com que as siderúrgicas chinesas usem mais estes materiais nos próximos anos, potencialmente diminuindo a demanda pelo minério de ferro, matéria-prima do aço, no maior consumidor de metais do mundo.

A diminuição do apetite por minério de ferro pode atingir uma corda salva-vidas essencial para as gigantes mineradoras internacionais, que apostaram que a China continuaria usando centenas de milhões de toneladas da commodity a granel mais negociada.

“No médio a longo prazo, a sucata é a real ameaça ao minério de ferro, com certeza”, disse o analista da corretora CLSA Daniel Meng, em Hong Kong.

“Acreditamos que em 2020 a substituição se tornará mais rápida e o risco que a sucata representa para o minério de ferro se tornará mais sério”.

A China atualmente produz apenas cerca de 11 por cento de seu aço a partir da sucata, ante 70 por cento nos Estados Unidos, sugerindo que o país ainda pode ter muito a crescer na reciclagem do material.

Por Manolo Serapio Jr e Muyu Xu

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below