10 de Julho de 2017 / às 22:44 / em 2 meses

Honda confirma 11ª morte por explosão de air bag da Takata

WASHINGTON (Reuters) - A Honda Motors confirmou nesta segunda-feira a 11º morte nos Estados Unidos envolvendo um de seus veículos por conta de um inflador defeituoso de air bag produzido pela Takata.

A mondadora japonesa disse que o incidente aconteceu em junho de 2016 na Flórida quando um indivíduo trabalhava em reparos em um Honda Accord 2001 e o air bag estourou. Os inflatores da Takata podem explodir, arremessando estilhaços metálicos dentro de veículos.

Pelo menos 17 pessoas morreram e 180 ficaram feridas em todo o mundo em ligação ao defeito, o qual ocasionou no maior recall de segurança já registrado e levou a Takata a pedir proteção contra falência no mês passado.

O Honda Accord estava no grupo de mais de 300 mil veículos sem reparados englobados no recall a Honda equipados com inflatores com significativo risco de rompimento. A montadora disse que os proprietários receberam ao menos 12 notificações de recall, mas nunca receberam os reparos recomendados.

Em 2016, a Administração Nacional de Segurança de Tráfego Rodoviário dos Estados Unidos(NHTSA, na sigla em inglês) incitou os proprietários a pararem de dirigir os carros “inseguros” até serem reparados.

A NHTSA disse que os veículos Honda e Acura modelos de 2001-2003 têm chance de até 50 por cento de serem algo de uma ruptura perigosa de air bag em caso de acidente.

Por David Shepardson

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below