14 de Julho de 2017 / às 21:03 / em 5 meses

Nos bastidores, empresas lutam contra Trump em caso de tarifas sobre aço

WASHINGTON (Reuters) - As indústrias, empresas de energia e varejistas norte-americanas que dependem do aço barato estão fazendo um lobby discreto contra o desejo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de impor tarifas às importações de aço, antes de uma possível decisão do Departamento de Comércio dos EUA na semana que vem.

Honrando uma promessa feita durante a campanha eleitoral de 2016, em abril deste ano Trump deu início à uma revisão de regras do setor siderúrgico.

O Departamento de Comércio pode divulgar dados sobre o assunto já na próxima semana, uma decisão que três lobistas dizem que está sendo adiada devido a um debate interno no governo.

As indústrias e empresas de energia que usam aço querem manter seus custos baixos e dizem que as tarifas podem impactar empregos em seus setores, enquanto as varejistas precisam de aço barato para muitas áreas de seu negócio, como a colocação de prateleiras em suas lojas e armazéns e para vender aos consumidores.

Qualquer tarifa dos EUA pode resultar em prejuízos para setores não relacionados, caso outros países retaliem impondo tarifas em exportações norte-americanas em áreas como a agricultura.

“Nossas empresas têm mantido essas conversas silenciosamente com ambos os membros do governo, mas também com parlamentares”, disse o vice-presidente de comércio internacional da Associação de Líderes do Setor de Varejo dos EUA, Hun Quach.

Por Ginger Gibson

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below