18 de Julho de 2017 / às 18:27 / em 2 meses

Johnson & Johnson vê crescimento nas vendas no curto prazo e eleva estimativa de lucro em 2017

Prédio da Johnson & Johnson em Irvine, Estados Unidos 24/01/2017 REUTERS/Mike Blake

(Reuters) - A Johnson & Johnson espera que o crescimento das vendas acelere no segundo semestre do ano devido à forte demanda por novos e caros tratamentos, como seus medicamentos contra o câncer Darzalex e Imbruvica.

A J&J, que divulgou lucro melhor que o esperado no trimestre e elevou sua estimativa de lucro anual nesta terça-feira, está apostando em novos produtos farmacêuticos para combater a desacelaração da demanda de alguns de seus produtos mais antigos e populares, incluindo o tratamento com Remicade e o medicamento para diabetes Invokana.

Excluindo itens especiais, a companhia lucrou 1,83 dólar por ação no segundo trimestre, superando estimativas dos analistas por 0,03 dólar.

Enquanto as vendas das divisões de consumidores e dispositivos médicos da J&J aumentaram, as vendas de produtos farmacêuticos - seu maior negócio - caíram marginalmente para 8,6 bilhões de dólares.

A J&J divulgou vendas totais de 18,84 bilhões de dólares no segundo trimestre, ficando abaixo das estimativas dos analistas de 18,95 bilhões de dólares, de acordo com o Thomson Reuters I/B/E/S.

Por Michael Erman, Divya Grover e Natalie Grover

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below