20 de Julho de 2017 / às 16:00 / em um mês

Demanda por crédito empresarial cai 4,5% no 1º semestre, diz Serasa Experian

SÃO PAULO (Reuters) - A demanda das empresas por crédito nos seis primeiros meses do ano caiu 4,5 por cento ante igual período de 2016, tendo o pior resultado para um primeiro semestre desde 2013, informou nesta quinta-feira a Serasa Experian.

Conforme a pesquisa, a menor procura por crédito empresarial é reflexo do fraco desempenho da economia sobre a rotina das companhias. "Com vendas e produção estagnadas, há menor necessidade de capital de giro para a produção, como também para investimentos", disse a Serasa.

Só em junho, a demanda por crédito encolheu 10,7 por cento em relação ao mesmo mês de 2016 e 6,6 por cento ante maio.

O levantamento mostrou, ainda, que as médias e grandes empresas foram as que mais cortaram a procura por crédito no primeiro semestre de 2017, com quedas de 9,7 e 9,1 por cento, respectivamente, frente igual intervalo do ano passado. Já as companhias de micro e pequeno portes demandaram 4,3 por cento menos recursos em relação aos seis primeiros meses de 2016.

Na análise por setores, a indústria liderou entre janeiro e junho a retração na demanda por crédito empresarial (-7,2 por cento), seguida por comércio (-6,0 por cento) e serviços (-2,3 por cento).

Em termos de região, o Nordeste foi destaque negativo no primeiro semestre ano a ano (-6,2 por cento), enquanto o Sul teve queda de 5,8 por cento, o Centro-Oeste de 5,3 por cento, o Norte de 5 por cento e o Sudeste de 3,1 por cento, apurou a Serasa Experian.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below