24 de Julho de 2017 / às 18:38 / 4 meses atrás

Órgão anti-fraudes da Inglaterra diz que está investigando operações da Rio Tinto na Guiné

LONDRES (Reuters) - O órgão anti-fraudes da Inglaterra disse que abriu uma investigação sobre a forma como a mineradora Rio Tinto conduziu os negócios na República da Guiné.

Logo da mineradora Rio Tinto em sua reunião geral anual em Sydney, na Austrália 04/05/2017 REUTERS/Jason Reed

“O Serious Fraud Office abriu uma investigação sobre suspeitas de corrupção na condução dos negócios na República da Guiné pelo grupo Rio Tinto, seus funcionários e outros associados a ele”, disse o SFO em declaração nesta segunda-feira.

As ações da Rio Tinto listadas nos Estados Unidos caíram 1,4 por cento, para 43,52 dólares, após a notícia da investigação da SFO.

“A Rio Tinto vai cooperar inteiramente com o Serious Fraud Office e outras autoridades relevantes, como aconteceu desde sua auto-denúncia em novembro de 2016”, disse a companhia em nota nesta segunda-feira.

Em novembro do ano passado, a Rio Tinto disse que havia tomado ciência de e-mails que faziam referência a pagamentos inexplicados de 10,5 milhões de dólares relacionados ao projeto de minério de ferro Simandou, no país da África Ocidental.

Por Huw Jones

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below