25 de Julho de 2017 / às 12:39 / em 2 meses

Cade aprova compra pela AGCO de unidade de componentes de agricultura da Monsanto

Logo da Monsanto em tela na Bolsa de Nova York, em Nova York, nos Estados Unidos 09/05/2016 REUTERS/Brendan McDermid

SÃO PAULO (Reuters) - O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a aquisição pela AGCO Corporation da unidade de componentes de agricultura de precisão Precision Planting, da Monsanto, segundo publicação no Diário Oficial da União desta terça-feira.

O negócio tem escopo global e envolve também os ativos da empresa no Brasil e na Argentina, segundo disseram as empresas ao órgão antitruste.

“A Monsanto decidiu sair do negócio de componentes de agricultura de precisão para plantadeiras, visando se concentrar em fornecer soluções de tecnologia agrícola para agricultores e agrônomos. Já para a AGCO, a operação representa uma oportunidade de expansão de seu portfólio”, afirma o Cade em seu parecer sobre a aquisição.

A operação já foi submetida às autoridades concorrenciais dos Estados Unidos e será apresentada às autoridades de Ucrânia e Argentina.

Segundo o Cade, a Precision Planting “tem presença limitada no Brasil”, com um portfólio de produtos mecânicos, sistemas de controle e monitores para agricultura de precisão, enquanto a AGCO opera fabricando e vendendo equipamentos agrícolas como tratores, plantadeiras e outros.

Por Luciano Costa

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below