25 de Julho de 2017 / às 13:34 / em 5 meses

Dólar opera com leves oscilações sobre o real à espera de Fed e BC

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar operava com leves oscilações sobre o real nesta terça-feira, com os investidores trabalhando à espera do desfecho dos encontros de política monetária dos bancos centrais dos Estados Unidos e do Brasil, no dia seguinte.

Notas de reais e dólares em casa de câmbio no Rio de Janeiro 10/09/2015 REUTERS/Ricardo Moraes

Às 10:33, o dólar recuava 0,16 por cento, a 3,1426 reais na venda, depois de subir levemente na véspera. O dólar futuro estava com leve queda de cerca de 0,15 por cento.

“O Fed está influenciando o câmbio muito mais. Sem uma nova alta de juros por lá, o dólar acaba enfraquecido”, afirmou o sócio da Onnix Corretora, Vanderlei Muniz.

Na quarta-feira, o Federal Reserve, banco central norte-americano, reúne-se novamente e as expectativas do mercado são de que os juros serão mantidos, o que tende a manter os recursos aplicados em outras praças, como a brasileira.

À espera do encontro do Fed, o dólar operava na mínima em mais de um ano contra uma cesta de moedas e também cedia ante divisas de países emergentes, como os pesos mexicanos e chileno.

Internamente, a política monetária também estava no radar. O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central divulga no dia seguinte a nova Selic, com expectativas gerais de que manterá o ritmo de corte de 1 ponto percentual, o que levará a taxa básica de juros a 9,25 por cento ao ano.

Ainda assim, a taxa brasileira continua bem atrativa se comparada com outros países.

Os mercados financeiros no Brasil estão vivendo momentos de certa calmaria, por conta do recesso parlamentar, em meio à crise política que atingiu em cheio o presidente Michel Temer e que já gerou uma denúncia por crime de corrupção passiva contra ele.

Na próxima semana, no entanto, o contexto político deve voltar a ganhar corpo, já que a Câmara dos Deputados deve votar se as investigações contra Temer podem continuar ou não.

O BC realizará nesta sessão novo leilão de até 8,3 mil swaps cambiais tradicionais --equivalentes à venda futura de dólares-- para a rolagem dos contratos que vencem em agosto.

Por Claudia Violante

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below