26 de Julho de 2017 / às 17:21 / em 23 dias

Associação de fundos da Itália expressa preocupação com comando da Telecom Italia

Sede da Telecom Italia em Milão, Itália 10/03/2016Stefano Rellandini /File Photo

SÃO PAULO (Reuters) - A Assogestioni, entidade que representa a indústria de fundos de investimento na Itália, enviou carta ao conselho de administração da Telecom Italia manifestando preocupação com o comando da operadora.

Em 24 de julho, a companhia anunciou que o presidente-executivo, Flavio Cattaneo, deixaria o cargo em 28 de julho e que já iniciou o processo para encontrar um sucessor.

Fonte familiarizada com o assunto disse à Reuters que Cattaneo será substituído por Amos Genish, ex-presidente da Telefônica Brasil e alto executivo da francesa Vivendi, que é a maior acionista da Telecom Italia.

Nesta quarta-feira, o braço direito do ex-primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, visitou a sede da Telecom Italia e se reuniu com o vice-presidente do conselho, Giuseppe Recchi. A Vivendi tem fatia de quase 30 por cento na Mediaset, de Berlusconi.

Reportagem adicional de Alberto Sisto

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below