1 de Agosto de 2017 / às 11:24 / 22 dias atrás

BC chegou a discutir sinalizar corte mais moderado dos juros, mostra ata do Copom

Sede do Banco Central do Brasil, em Brasília 16/05/2017Ueslei Marcelino

BRASÍLIA (Reuters) - O Banco Central chegou a discutir se deveria sinalizar desaceleração no ritmo de cortes na taxa básica de juros no curto prazo, mas acabou optando por indicar a manutenção de nova redução em 1 ponto percentual em meio ao cenário de inflação bem comportada e pouco afetada pelos últimos desdobramentos políticos.

"(Os membros do Copom) concluíram por sinalizar, para a próxima reunião do Copom, uma possível flexibilização de mesma magnitude da adotada nesta reunião, mas que dependerá da permanência das condições descritas no cenário básico do Copom e de estimativas da extensão do ciclo", informou o BC por meio da ata do Comitê de Política Monetária (Copom) divulgada nesta terça-feira.

Na semana passada, o BC reduziu a taxa básica de juros em 1 ponto, a 9,25 por cento ao ano, mantendo o ritmo de afrouxamento da Selic diante do comportamento favorável da inflação e dos fracos sinais de recuperação econômica, e sugerindo que poderá repetir a dose daqui para frente.

Por Marcela Ayres

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below