2 de Agosto de 2017 / às 13:36 / 2 meses atrás

Minério de ferro na China cai por temor de que recente alta não seja sustentável

MANILA (Reuters) - Os futuros do minério de ferro na China caíram nesta quarta-feira, após três dias seguidos de alta que haviam levado os preços ao maior nível em mais de quatro meses, em meio a preocupações de que a recuperação, guiada pela recomposição de estoques, não seja sustentável.

O minério de ferro para entrega em setembro na bolsa de Dalian fechou em queda de 1,1 por cento, a 567,50 iuanes (84 dólares) a tonelada. O contrato tocou 582 iuanes na terça-feira, maior nível desde 24 de março.

O contrato mais ativo do vergalhão de aço na bolsa de Xangai fechou em alta de 0,2 por cento, a 3.725 iuanes por tonelada, após tocar a máxima desde setembro de 2013, de 3.759 iuanes na terça-feira.

Os produtores chineses de aço, maiores compradores globais de minério de ferro, têm aumentado os estoques da matéria prima conforme ampliam a produção antecipando uma melhora na demanda após o verão (no Hemisfério Norte).

Isso impulsionou os preços do minério de ferro nesta semana, mas analistas do Barclays disseram que pode ser difícil manter esse ritmo e que uma queda para entre a metade e a faixa inferior da casa dos 50 dólares por tonelada no quarto trimestre “é cada vez mais provável”.

“Mesmo se assumirmos que as condições de demanda seguem como um suporte, nós vemos as perspectivas de preço ainda sob pressão baixista”, afirmaram em nota.

Por Manolo Serapio Jr.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below