10 de Agosto de 2017 / às 19:05 / 7 dias atrás

Conab negocia 100% do Pepro de milho; subvenção em 2017 já é a maior em 4 anos

Colheita de milho em Santo Antônio do Jardim, no Estado de São Paulo 06/02/2014Paulo Whitaker

SÃO PAULO (Reuters) - O governo brasileiro negociou nesta quinta-feira subvenção para o transporte de mais 692 mil toneladas de milho, ou 100 por cento da oferta do leilão do Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro), elevando o total apoiado pelo mecanismo até agora no ano para 6,05 milhões de toneladas.

Segundo dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que realiza os leilões, o volume de milho que recebeu subvenções até agora no ano é o maior registrado anualmente em operações de Pepro desde 2013.

O apoio do governo aos produtores, que ajuda a impulsionar exportações do país, ocorre em um ano de baixos preços domésticos, reflexo da safra recorde do cereal, estimada em mais de 97 milhões de toneladas pela própria Conab. Com a subvenção ao transporte, o governo visa enxugar o mercado.

Ao todo, foram realizados 13 leilões de Pepro neste ano desde maio. Com as 692 mil toneladas desta quinta-feira, para produtores de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás, o total subvencionado em 2017 supera as 5,80 milhões de toneladas de 2014, mas continua abaixo das 8,86 milhões de toneladas de 2013.

Em 2015 e 2016 não foram realizados leilões de Pepro, segundo dados da Conab.

A subvenção por parte do governo é ainda maior se considerados os leilões de Prêmio do Escoamento do Produto (PEP), voltados para comerciantes de milho.

Nesta quinta-feira, a Conab negociou 93,40 por cento, ou 56,03 mil toneladas, da oferta de 60 mil toneladas de subvenção para o transporte de milho, contemplando os Estados de Mato Grosso do Sul e Goiás.

Nas 13 operações realizadas neste ano, os leilões de PEP negociaram um total de 1,41 milhão de toneladas de milho.

Assim, somando-se os pregões de Pepro e PEP, o apoio do governo em 2017 envolve 7,46 milhões de toneladas do grão.

As exportações de milho do Brasil começaram a ganhar ritmo em julho, com integrantes do mercado citando a influência dos leilões de prêmio para os negócios.

A Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec) projeta que os embarques brasileiros de milho deverão atingir cerca de 30 milhões de toneladas em 2017, que seriam volumes recordes.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below