6 de Outubro de 2017 / às 10:08 / em 2 meses

UE decide taxar aço laminado a quente de Brasil, Irã, Rússia e Ucrânia

BRUXELAS (Reuters) - A União Europeia (UE) decidiu taxar o aço laminado a quente do Brasil, Irã, Rússia e Ucrânia, após queixa de siderúrgicas europeias de que o produto usado para construção e maquinários estava sendo vendido a preços excessivamente baixos.

A UE cobrará uma tarifa antidumping de 17,6 a 96,5 euros por tonelada a partir de sábado, informou o diário oficial do bloco na quinta-feira.

A Comissão Europeia inicialmente havia proposto estabelecer preço mínimo - de 472,27 euros por tonelada -, mas revisou a proposta depois que não conseguiu o apoio dos países membros da UE.

Por Philip Blenkinsop

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below