10 de Outubro de 2017 / às 19:11 / em um mês

Secretário-geral da Opep pede que produtores de xisto dos EUA ajudem a cortar oferta

NOVA DÉLHI (Reuters) - O secretário-geral da Opep, Mohammed Barkindo, pediu nesta terça-feira que os produtores de óleo de xisto dos Estados Unidos ajudem a reduzir a oferta global de petróleo, alertando que medidas extraordinárias serão necessárias no próximo ano para o reequilíbrio do mercado no médio prazo.

    “Instamos nossos amigos, nas bacias de xisto da América do Norte, a assumirem essa responsabilidade compartilhada com toda a seriedade que merece, como uma das principais lições aprendidas com o atual ciclo de fornecimento”, disse Barkindo.

Os comentários do secretário da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) foram dados durante um discurso no Fórum da Energia da Índia, organizado pela CERAWeek em Nova Délhi.

“No momento, nós (Opep e produtores independentes dos EUA) concordamos que temos uma responsabilidade compartilhada em manter a estabilidade, porque eles também não estão ilesos desse impacto de queda (nos preços)”, disse Barkindo.

Ele referia-se ao recuo das cotações internacionais do petróleo, a qual levou a Opep a concordar com cortes de produção no fim do ano passado.

(Por Nidhi Verma, Promit Mukherjee e Neha Dasgupta)

Por José Roberto Gomes

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below