16 de Outubro de 2017 / às 21:38 / em um mês

Unidade de refinaria da Petrobras na Bahia terá parada para manutenção

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A refinaria Landulpho Alves (RLAM), da Petrobras (PETR4.SA), terá parada programada para manutenção de equipamentos na unidade de craqueamento catalítico de resíduos, informou nesta segunda-feira a empresa.

Tanque da Petrobras em Brasília, no Brasil 31/08/2017 REUTERS/Ueslei Marcelino

A unidade da RLAM (URFCC - U-39), na Bahia, ficará parada para manutenção de 6 de novembro a 11 de dezembro, período no qual o processamento de petróleo será reduzido em 534,6 mil barris, acrescentou a Petrobras em nota enviada à Reuters.

O restante da refinaria, que produz GLP, gasolina, diesel e lubrificantes, entre outros produtos, seguirá operando normalmente.

De acordo com o site da empresa, a RLAM, a primeira refinaria de petróleo do país, tem capacidade de processamento de 323 mil barris por dia.

Por Marta Nogueira; edição de Roberto Samora

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below