18 de Outubro de 2017 / às 13:45 / em um mês

Estoques de óleo de soja na China atingem recorde após alta nas importações

PEQUIM (Reuters) - Os estoques de óleo de soja na China estão em níveis recordes após fortes importações de grãos da oleaginosa neste ano, mantendo certa pressão sobre os preços antes do período de pico de consumo no país.

Bushel de soja é visto em Creve Coeur, nos Estados Unidos 28/7/2017 REUTERS/Tom Gannam

As reservas de óleo de soja, produto obtido com o esmagamento dos grãos para produção de ração animal, alcançaram 1,6 milhão de toneladas nesta semana nos maiores processadores chineses, ante 1,3 milhão de toneladas em igual período do ano passado, disse nesta quarta-feira o Centro Nacional de Informação sobre Grãos e Óleos da China (CNGOIC, na sigla em inglês).

As amplas reservas são resultado de compras recordes de soja, com 93,5 milhões de toneladas chegando à China no ano safra 2016/17, que se encerrou em setembro, alta de 12 por cento na comparação anual.

Os grandes volumes de importação de soja no período de outubro a dezembro, impulsionados pelo pico de consumo de ração animal antes dos principais feriados chineses, devem manter os estoques de óleo de soja elevados, mesmo quando o clima mais frio também aumenta o consumo de óleo de cozinha.

“Esperamos que os estoques chineses de óleo de soja até o fim de dezembro permaneçam em um nível alto, acima de 1,3 milhão de toneladas, muito superior ao nível médio dos últimos três anos, de cerca de 1 milhão de toneladas”, disse a entidade.

Por Dominique Patton

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below