20 de Outubro de 2017 / às 13:49 / em um mês

Russa Rosneft concorda em adquirir controle de oleoduto no Curdistão iraquiano

LONDRES/MOSCOU (Reuters) - A maior companhia de petróleo da Rússia, Rosneft, concordou em adquirir o controle do principal oleoduto do Curdistão iraquiano, impulsionando seus investimento na região autônoma para 3,5 bilhões de dólares, apesar da ação militar de Bagdá após o voto curdo por independência.

A movimentação aparenta ser parte de uma estratégia do presidente Vladimir Putin de aumentar a influência política e econômica de Moscou no Oriente Médio, a qual se enfraqueceu depois do colapso da União Soviética.

O investimento da Rosneft ocorre em meio a uma crise nas relações do Curdistão com o governo central de Bagdá desde que a região realizou um referendo de independência no mês passado, o qual desagradou aos vizinhos Irã e Turquia.

A Rosneft disse que poderia deter 60 por cento do oleoduto, com o operador atual KAR Group respondendo pelos 40 por cento restantes.

Fontes com conhecimento do assunto disseram que o investimento da Rosneft no projeto pode alcançar 1,8 bilhão de dólares.

Por Dmitry Zhdannikov e Vladimir Soldatkin

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below