October 20, 2017 / 3:19 PM / a year ago

Energia pode seguir com custo extra maior em novembro se clima não ajudar, diz Aneel

SÃO PAULO (Reuters) - As contas de luz poderão seguir com bandeira tarifária nível 2 em novembro, o que gera uma cobrança adicional para os consumidores, se não houver uma melhora nas condições climáticas antes do final do mês, disse a jornalistas nesta sexta-feira o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romeu Rufino.

Linhas de energia ligam torres de transmissão em Brasília 31/08/2017 REUTERS/Ueslei Marcelino

As bandeiras tarifárias geram custo extra para os consumidores quando saem do nível verde para o amarelo ou para a bandeira vermelha, que tem dois patamares.

No segundo e mais caro nível, vigente desde o início de outubro, a bandeira vermelha representa adicional de 3,5 reais a cada 100 kilowatts-hora consumidos.

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) reduziu nesta sexta-feira a previsão de chuvas nos reservatórios de hidrelétricas do Sudeste, principal região produtora de energia hídrica, para 64 por cento da média histórica em outubro, ante 68 por cento na estimativa da semana anterior.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below