October 23, 2017 / 11:39 AM / 6 months ago

Indústria continua impulsionando crescimento da Alemanha, diz banco central

FRANKFURT (Reuters) - O crescimento da Alemanha, a maior economia da Europa, deve ter se mantido em um nível alto no terceiro trimestre, impulsionado por encomendas industriais excepcionais mesmo com a estabilização da construção e com a queda do consumo privado, informou o banco central do país em um relatório mensal.

“A indústria, sustentada pela forte demanda por exportação, deve manter seu papel como pilar principal da economia forte”, informou o banco central nesta segunda-feira. “A situação das encomendas industriais é excelente.”

A Alemanha, que tem a menor taxa de desemprego da zona do euro, tem avançado fortemente neste ano, impulsionando a confiança em todo o bloco de moeda única e dando ao Banco Central Europeu o motivo mais forte até agora para conter o estímulo extraordinário.

A produção de automóveis parece ter superado o momento difícil no trimestre e as encomendas, particularmente de fora da zona do euro, foram excelentes, mostrou o relatório.

A construção, por outro lado, provavelmente não contribuiu para o crescimento, mantendo um nível de produção relativamente alto, e as vendas no varejo baixas sugerem que o consumo provavelmente se enfraqueceu, acrescentou o Bundesbank.

“Contra o pano de fundo da boa confiança do consumidor, do mercado de trabalho e das perspectivas de renda favoráveis, não se espera uma deterioração duradoura no consumo”, observou o banco.

Por Balazs Koranyi

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below