23 de Outubro de 2017 / às 15:59 / um mês atrás

Engie admite negociações com Total em meio a revisão de negócios em GNL

CINGAPURA/PARIS (Reuters) - A francesa Engie, concessionária de energia e gás, está em discussões com a Total e outras companhias não identificadas em meio a uma revisão de parte de seus negócios de gás natural liquefeito (GNL), disse a empresa nesta segunda-feira, elevando as perspectivas de uma possível venda.

Em um comunicado, a Engie disse que lançou uma revisão estratégica de suas unidades de GNL “upstream” -- que incluem a liquefação, transporte e comercialização de GNL--, embora atividades de “downstream”, como a regaseificação, não tenham sido incluídas nos planos.

A publicação financeira La Lettre de l‘Expansion noticiou que a Engie estava negociando uma possível venda de sua divisão de GNL para a Total e que um acordo pode ser alcançado nas próximas semanas.

“Nesta fase, não há certeza que as discussões com as partes, incluindo a Total, levarão a qualquer acordo”, disse a Engie.

O vice-presidente-executivo da Engie, Didier Holleaux, confirmou à Reuters que a Engie está buscando um sócio para partes do negócio de GNL.

“Para tornar o GNL lucrativo, precisamos ser tão grandes quando o possível. Então estamos buscando um parceiro”, disse Holleaux, ao participar de uma conferência em Cingapura.

Representantes da Total não puderam ser encontrados imediatamente para comentários.

Por Florence Tan, Sudip Kar-Gupta, Pascale Denis e Sarah White

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below