24 de Outubro de 2017 / às 09:45 / em um mês

Índice acionário de blue-chips da China atinge máxima de 26 meses com fim do congresso do Partido

XANGAI/SYDNEY (Reuters) - O índice de blue-chips da China atingiu a máxima de 26 meses nesta terça-feira, impulsionado por ações dos setores de infraestrutura e imobiliário, uma vez que os investidores comemoraram um crescimento robusto dos lucros e ficaram confortáveis com a política econômica conforme o congresso do Partido Comunista chegava ao fim.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,73 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,22 por cento.

Cerca de 100 empresas listadas em Xangai divulgaram os resultados do terceiro trimestre, com o lucro líquido combinado avançando 47 por cento em relação ao ano anterior, de acordo com o Shanghai Securities News.

“O crescimento da demanda dos... produtores de matéria-prima e usuários ficou estável de modo geral em setembro”, informou a corretora CLSA em uma nota.

“A demanda das indústrias ajudou a compensar a fraca demanda do setor imobiliário, uma tendência que continuará no quarto trimestre.”

As negociações de ações “A” da China foram em geral calmas durante o Congresso do Partido, que terminou nesta terça-feira.

O presidente Xi Jinping apresentou um plano para orientar o desenvolvimento da China até 2050, inaugurando uma “nova era” de crescimento.

A alta dos mercados foi liderada pelos setores de infraestrutura e imobiliário, que se recuperaram após a fraqueza recente por preocupações de que Pequim poderia não vai afrouxar as restrições do mercado imobiliário em breve.

As ações de matérias-primas também se estabilizaram depois de apresentarem um crescimento sólido nos primeiros nove meses do ano.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha queda de 0,25 por cento às 7:39 (horário de Brasília), com 547,74 pontos, não muito longe da máxima de 10 anos de 554,63 pontos atingida na semana passada.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,50 por cento, a 21.805 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,53 por cento, a 28.154 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,22 por cento, a 3.388 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,73 por cento, a 3.959 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,02 por cento, a 2.490 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,08 por cento, a 10.743 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,45 por cento, a 3.334 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,06 por cento, a 5.897 pontos.

Por Swati Pandey, Luoyan Liu e John Ruwitch

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below