25 de Outubro de 2017 / às 13:52 / em um mês

Presidente-executivo da Volkswagen nega fixação de preços por montadoras alemãs

STUTTGART, Alemanha (Reuters) - As montadoras alemãs investigadas sobre um possível coluio não fixaram preços ou formaram um cartel ilegal, disse o presidente-executivo da Volkswagen, Matthias Mueller, nesta quarta-feira.

As autoridades antitruste da União Europeia fizeram buscas na Volkswagen, na Daimler e na BMW como parte de uma investigação sobre se essas montadoras conspiraram para fixar preços de veículos a diesel ou em outras tecnologias ao longo de várias décadas.

“Não tenho conhecimento da fixação de preços”, disse Mueller em uma conferência em Stuttgart, Alemanha. “Nós respeitamos muito a lei de cartel”.

O comentário de Mueller está alinhado com a fala de Dieter Zetsche, presidente do conselho da Daimler, que disse na conferência na terça-feira que a cooperação entre rivais alemãs era para o bem dos clientes e não os prejudicou.

O órgão de vigilância da concorrência da UE disse em julho que estava investigando as montadoras alemãs depois que a revista Der Spiegel informou que a Daimler, a BMW, a Volkswagen e suas marcas Audi e Porsche se juntaram em detrimento dos clientes e de rivais estrangeiros.

Por Ilona Wissenbach

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below