25 de Outubro de 2017 / às 17:12 / um mês atrás

Mercados acionários europeus sofrem correção com resultados corporativos mistos

MILÃO/LONDRES (Reuters) - O mercado acionário europeu atingiu a mínima em quase quatro semanas nesta quarta-feira, com uma série de resultados corporativos mistos provocando realização de lucros um dia antes da decisão de política monetária do Banco Central Europeu.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,61 por cento, a 1.522 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,57 por cento, a 387 pontos, menor nível de fechamento desde o final de setembro.

A farmacêutica GlaxoSmithKline (GSK) destacou-se entre as perdas devido a comentários sobre possíveis aquisições no setor de saúde ao consumidor, provocando preocupações sobre seus dividendos e compensando os resultados fortes.

“Os investidores continuam focados na segurança do dividendo”, disse o analista do Leerink Seamus Fernandez.

As ações da GSK caíram 5,5 por cento, pressionando o setor de saúde.

O mercado recuou apesar da força nos dados econômicos, entre os principais condutores da alta das ações neste ano junto com o crescimento sólido dos resultados corporativos.

Alguns gerentes de fundos projetam que o mercado acionário sofrerá correção mesmo que o cenário macroeconômico global seja positivo.

Entre as empresas de luxo, a Kering avançou 8,8 por cento após outro trimestre acima das expectativas de sua marca Gucci, impulsionando a LVMH a uma alta de 1,3 por cento.

“Um bom trimestre para a indústria, mas ainda muito polarizado, com a Gucci liderando claramente o impulso”, avaliaram os analistas da JP Morgan em nota.

Já a empresa de biotecnologia Novozymes teve alta de 3 por cento após ter melhorado a perspectiva para o ano e informado vendas e lucro acima das expectativas.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,46 por cento, a 12.953 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,37 por cento, a 5.374 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,81 por cento, a 22.446 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,51 por cento, a 10.153 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,84 por cento, a 5.368 pontos.

Por Danilo Masoni e Helen Reid

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below