October 27, 2017 / 1:00 PM / 9 months ago

Economia dos EUA cresce 3% no 3° tri com estoques e déficit comercial menor

WASHINGTON (Reuters) - A economia dos Estados Unidos manteve inesperadamente o ritmo acelerado de crescimento no terceiro trimestre, com o aumento do investimento em estoques e um déficit comercial menor compensando a desaceleração nos gastos dos consumidores relacionada aos furacões e o declínio da construção.

Foto ilustrativa de notas de 100 dólares 02/08/2013 REUTERS/Kim Hong-Ji

O Produto Interno Bruto cresceu a uma taxa anual de 3,0 por cento no período entre julho e setembro, depois de expandir a um ritmo de 3,1 por cento no segundo trimestre, informou o Departamento de Comércio nesta sexta-feira.

O departamento disse que, embora fosse impossível estimar o impacto geral dos furacões Harvey e Irma no PIB do terceiro trimestre, as estimativas preliminares mostraram que as tempestades causaram perdas de 121 bilhões de dólares em ativos fixos de propriedade privada e 10,4 bilhões de dólares em ativos fixos de propriedade do governo.

O Harvey e o Irma afetaram partes do Texas e da Flórida no final de agosto e início de setembro. O furacão Maria, que destruiu a infraestrutura em Porto Rico e nas Ilhas Virgens, não teve impacto no crescimento do PIB do terceiro trimestre, já que as ilhas não estão incluídas nas contas nacionais do país.

Os economistas entrevistados pela Reuters projetavam um ritmo de crescimento de 2,5 por cento no terceiro trimestre. Excluindo o investimento em estoques, a economia cresceu a uma taxa de 2,3 por cento, desacelerando ante o ritmo de 2,9 por cento do segundo trimestre.

Com os dados pós-furacões do mercado de trabalho, vendas no varejo e produção industrial já mostrando recuperação na atividade, o relatório desta sexta-feira provavelmente não terá impacto na política monetária no curto prazo.

As empresas acumularam estoques a um ritmo de 35,8 bilhões de dólares no terceiro trimestre em antecipação à demanda forte. Como resultado, o investimento em estoques contribuiu com 0,73 ponto percentual para o crescimento do PIB no terceiro trimestre, depois de acrescentar pouco mais de 0,1 ponto no período anterior.

As exportações aumentaram a uma taxa de 2,3 por cento no terceiro trimestre, enquanto as importações caíram 0,8 por cento. Isso deixou um déficit comercial menor, levando o comércio a acrescentar 0,41 ponto percentual ao crescimento do PIB.

Por Lucia Mutikani

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below