October 31, 2017 / 11:13 AM / a year ago

Preços operam em baixa, mas seguem perto de máxima de 2 anos

Plataformas de petróleo são vistas em campo de Bouri, na costa da Líbia 03/08/2015 REUTERS/Darrin Zammit Lupi

LONDRES (Reuters) - Os preços do petróleo recuavam nesta terça-feira após uma semana de ganhos, com a perspectiva de aumento das exportações dos Estados Unidos reduzindo o sentimento de alta que conduziu o Brent à máxima de mais de dois anos, acima de 60 dólares por barril.

O petróleo Brent recuava 0,11 dólar, ou 0,18 por cento, a 60,79 dólares por barril, às 8:49 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos caía 0,11 dólar, ou 0,2 por cento, a 54,04 dólares por barril

A ação do Iraque para aumentar as exportações de petróleo de seus portos do sul em 220 mil barris por dia (bpd), para 3,45 milhões de barris, para compensar as interrupções de fornecimento de seus campos do norte de Kirkuk, também pressionavam os preços, disseram os operadores.

Os operadores e corretores disseram que os investidores estavam ajustando posições depois que os preços subiram em torno de 5 por cento em outubro.

“A produção de petróleo de xisto dos EUA pode limitar a alta dos preços no médio e longo prazo”, disse Shane Chanel, analista de ações e derivativos da ASR Wealth Advisers.

A produção de petróleo dos EUA subiu quase 13 por cento desde meados de 2016 para 9,5 milhões de barris por dia (bpd).

Por Christopher Johnson

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below