1 de Novembro de 2017 / às 16:09 / em 16 dias

Privatização da Eletrobras não é operação de salvamento, diz ministro do Planejamento

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, defendeu nesta quarta-feira que a privatização da Eletrobras não consiste numa “operação de salvamento” pelo governo, mas sim numa forma de transformar a empresa numa companhia brasileira “com capacidade para ser grande investidor internacional”.

Sede da Eletrobras no centro do Rio de Janeiro, no Brasil 20/08/2014 REUTERS/Pilar Olivares

Falando na Comissão Mista de Orçamento (CMO) do Congresso Nacional, Oliveira reiterou que a União não vai vender suas ações na Eletrobras.

“A Eletrobras pode ser uma grande do mundo, pode ser uma Vale. A Vale depois que foi privatizada é uma das maiores do mundo”, afirmou.

Por Marcela Ayres

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below