1 de Novembro de 2017 / às 17:24 / em 22 dias

Opep deve manter atuais cortes de produção até o fim de 2018, dizem fontes

DUBAI (Reuters) - A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) deverá continuar no caminho ao manter os atuais limites sobre a produção em vigor para o restante de 2018, apesar de possíveis interrupções na produção no próximo ano, disseram fontes da Opep no Golfo.

Bandeira da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) durante reunião do bloco em Viena, na Áustria 22/09/2017 REUTERS/Leonhard Foeger

A Opep e outros países produtores, incluindo a Rússia, têm cortado a produção em cerca de 1,8 milhão de barris por dia desde janeiro. O pacto foi acordado para durar até março de 2018, mas os produtores estão considerando estendê-lo.

“O sentimento da Opep é que 60 dólares por barril deveria ser o piso para os preços do petróleo no próximo ano”, disse a fonte.

O mercado tem estado preocupado sobre a possibilidade de os preços caírem, se o acordo de produção acabar.

Por Rania El Gamal

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below