7 de Novembro de 2017 / às 22:24 / em 10 dias

Brasil precisa aprovar reforma da Previdência enquanto mercados estão favoráveis, diz Ilan Goldfajn

MONTEVIDÉU (Reuters) - O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, defendeu nesta terça-feira em Montevidéu a aprovação célere da reforma da Previdência pelo Congresso Nacional, enquanto os mercados globais estão favoráveis.

Presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, é fotografado durante entrevista à Reuters em Brasília 9/8/2017 REUTERS/Adriano Machado

“Não temos todo o tempo do mundo para fazer o que se deve fazer. A reforma (da Previdência) tem que passar nos próximos meses para correr menos riscos no ano que vem”, disse Ilan, durante evento na capital uruguaia.

O principal índice da bolsa de São Paulo .BVSP caiu 2,55 por cento nesta terça-feira após o presidente da República, Michel Temer, admitir na véspera a possibilidade de derrota da proposta de reforma da Previdência no Congresso. [nL1N1ND1SO]

Reportagem de Malena Castaldi

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below