28 de Novembro de 2017 / às 21:57 / em 16 dias

CVM volta a rejeitar pedido da CSN por OPA da Usiminas

SÃO PAULO (Reuters) - A Comissão de Valores Mobiliários voltou a rejeitar um pedido da Companhia Siderúrgica Nacional para que a operação em que o grupo Techint ingressou no grupo de controle da Usiminas dispare obrigação para uma oferta pública de aquisição de ações dos minoritários da siderúrgica mineira.

Em comunicado enviado ao mercado nesta terça-feira, a Usiminas reproduziu a decisão da Superintendência de Registro de Valores Mobiliários (SRE) da CVM que ao julgar o recurso da CSN “concluiu pela manutenção do seu entendimento inicial de que a entrada do Grupo T/T (Ternium/Techint) no bloco de controle da companhia (Usiminas) não ensejaria a necessidade de realização da OPA por alienação de controle”.

Por Alberto Alerigi Jr.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below