December 13, 2017 / 11:15 PM / 9 months ago

Autoridades de Mercosul e União Europeia não esperam acordo comercial neste ano

BUENOS AIRES (Reuters) - As negociações para um acordo comercial entre União Europeia e o bloco sul-americano Mercosul se estenderão ao próximo ano, disseram autoridades de ambos os lados nesta quarta-feira, depois que os europeus pediram mais tempo para analisar as mudanças propostas.

Os negociadores do Mercosul - formado por Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai - indicaram aos seus colegas europeus algumas melhorias que estão dispostos a fazer nas suas ofertas durante conversações nos bastidores da conferência da Organização Mundial do Comércio em Buenos Aires, nesta semana.

Mas a UE não melhorou a oferta de cotas de importação de carne e etanol, duas principais exportações do Mercosul, informou o Ministério do Exterior do Uruguai. Os setores agrícolas em países como França e Irlanda expressaram ferozes objeções ao aumento das importações.

“Os comissários europeus precisam checar e ter certeza de que têm apoio para responder às propostas que apresentamos”, afirmou o chanceler brasileiro, Aloysio Nunes, a jornalistas nesta quarta-feira.

A comissária de Comércio da UE, Cecilia Malmstrom, disse que as duas partes estavam a “semanas” de anunciar um acordo, observando que ela ainda precisava explicar isso aos países-membros e ao parlamento europeu.

Reportagem de Luc Cohen e Maximiliano Rizz

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below