December 14, 2017 / 1:25 PM / a year ago

Índice cai pressionado por provável adiamento da reforma da Previdência

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista operava em queda nesta quinta-feira, com investidores aguardando a confirmação do adiamento da votação da reforma da Previdência, após o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), ter dito no final da tarde passada que a apreciação da proposta vai ficar para fevereiro de 2018.

Às 11:18, o Ibovespa caía 0,99 por cento, a 72.191 pontos. O giro financeiro era de 2,2 bilhões de reais.

Na véspera, após as declarações de Jucá, o Palácio do Planalto, a equipe econômica e seus principais interlocutores no Congresso precisaram montar uma operação de redução de danos.

A Presidência disse esperar a leitura do novo texto da reforma, apresentado pelo relator Arthur Maia (PPS-BA), para esta quinta-feira no plenário da Câmara e que somente após esse procedimento, o presidente Michel Temer vai discutir com os presidentes do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a data da votação da proposta.

O presidente Temer, contudo, permanecerá internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, até sexta-feira, após passar por um procedimento cirúrgico na quarta-feira por conta de problemas urinários. Com isso, a sua agenda de compromissos para esta quinta-feira foi cancelada.

“Apesar deste pontapé inicial (a leitura da proposta), está claro que a votação da reforma ficará para o ano que vem, embora isto não tenha sido confirmado, ainda, pelo Planalto”, escreveram analistas da corretora Guide Investimentos.

DESTAQUES

- ELETROBRAS ON caía 3,75 por cento e ELETROBRAS PNB tinha queda de 3,77 por cento, entre as maiores perdas do Ibovespa, com receios que o provável adiamento da votação da reforma da Previdência possa prejudicar o processo de privatização da elétrica.

- PETROBRAS PN recuava 0,33 por cento e PETROBRAS ON perdia O,75 por cento em dia de perda para os preços do petróleo no mercado internacional e após a petroleira precificar a oferta inicial de ações da BR Distribuidora em 15 reais a ação, no piso da faixa indicativa. Com a operação, a petroleira levantou cerca de 5 bilhões de reais. - VALE ON tinha queda de 0,19 por cento, em sessão também negativa para os contratos futuros do minério de ferro na China. - ITAÚ UNIBANCO PN caía 1,58 por cento e BRADESCO PN tinha perda de 1,54 por cento, ajudando a pressionar o Ibovespa devido ao peso em sua composição. A sessão também era negativa para os demais bancos que figuram o índice, com SANTANDER UNIT em queda de 1,18 por cento BANCO DO BRASIL ON perdendo 1,15 por cento.

Por Flavia Bohone

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below