December 18, 2017 / 12:17 PM / 5 months ago

Dólar cai e vai abaixo de R$3,30 acompanhando exterior

Por Claudia Violante

Notas de reais e dólares em uma casa de câmbio no Rio de Janeiro 10/09/2015 REUTERS/Ricardo Moraes

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar recuava nesta segunda-feira e já abaixo do patamar de 3,30 reais, acompanhando a trajetória da moeda norte-americana no exterior à espera do desfecho do projeto de reforma tributária norte-americano.

O movimento também vinha após a reforma da Previdência ser adiada para fevereiro de 2018, o que acabava levando o mercado a fazer pequenos ajustes agora após ter reagido com alta às dificuldades que o governo enfrentou ao tentar votar a matéria ainda neste ano.

Às 10:14, o dólar recuava 0,70 por cento, a 3,2849 reais na venda, depois de acumular alta de 2,34 por cento nas últimas três semanas. O dólar futuro cedia cerca de 0,15 por cento.

“A confirmação de que a reforma da Previdência será votada em fevereiro de 2018... retira certa medida do componente especulativo... e justifica o desmonte de parte das posições protecionistas armadas nas últimas semanas em meio às incertezas”, afirmou a corretora Correparti em relatório.

A expectativa sobre se a reforma da Previdência seria ou não votada ainda este ano fez o dólar registrar uma sequência de altas neste mês que culminou com a moeda no maior nível em quase seis meses, a 3,3365 por cento na última quinta-feira.

Os investidores, agora, devem passar dias de menor estresse com o noticiário político em meio ao recesso parlamentar e mais voltados para o cenário externo, onde a expectativa recai sobre a reforma tributária do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Nesta sessão, a moeda norte-americana recuava contra uma cesta com algumas incertezas de que o projeto de lei será efetivamente aprovado e com algumas dúvidas sobre o efeito do estímulo ao crescimento econômico.

O dólar também operava em queda ante moedas de países emergentes, como os pesos chileno e mexicano.

O Banco Central brasileiro fará novo leilão de até 14 mil swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares, para rolagem dos contratos que vencem em janeiro, de 9,638 bilhões de dólares.

Edição de Patrícia Duarte

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below