December 18, 2017 / 2:02 PM / 9 months ago

Bovespa sobe com mais apetite a risco no exterior em sessão de vencimento de opções sobre ações

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista operava no azul nesta segunda-feira, amparado no humor mais favorável a ativos de risco no exterior e tendo ações ligadas a commodities, como Vale e Petrobras, entre os destaques de alta.

A primeira parte da sessão é marcada ainda por vencimento de opções sobre ações, o que pode adicionar volatilidade aos negócios.

Às 11:56, o Ibovespa subia 0,68 por cento, a 73.101 pontos. O giro financeiro era de 3,44 bilhões de reais.

No exterior, a expectativa é pela aprovação da reforma tributária nos Estados Unidos, com a votação no Senado prevista para terça-feira e sanção do presidente Donald Trump até o fim da semana.

“A perspectiva de um acordo entre as duas Casas do Congresso americano... anima aos investidores”, escreveram os analistas da corretora Guide Investimentos, acrescentando que este é o pano de fundo para a busca por ativos com mais risco.

No front local, o adiamento da reforma da Previdência para o próximo ano abriu espaço para que o noticiário econômico volte a ter destaque entre os agentes de mercado.

Nesta manhã, o Banco Central divulgou que a atividade econômica brasileira iniciou o quarto trimestre com resultado muito melhor do que o esperado ao crescer pelo segundo mês seguido em outubro. A alta do Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) foi de 0,29 por cento em outubro na comparação com o mês anterior, superando a estimativa de economistas em pesquisa Reuters, de queda de 0,15 por cento.

DESTAQUES

- BK BRASIL, operadora da rede de fast food Burguer King no país, era negociada a 18,01 reais em sua estreia na bolsa paulista, em alta de 0,06 por cento em relação à precificação da oferta inicial de ações, de 18 reais. A BK e seus acionistas levantaram 2,2 bilhões de reais com a oferta inicial de ações (IPO).

- VALE ON avançava 1,68 por cento, em sessão de fortes ganhos para os contratos futuros do minério de ferro na China, que subiram 7,1 por cento na bolsa de Dalian.

- PETROBRAS PN subia 1,74 por cento e PETROBRAS ON tinha alta de 1,29 por cento, após a empresa assinar acordos com a Statoil, incluindo a venda de 25 por cento de sua participação no campo de Roncador. Segundo analistas da Guide Investimentos, as parcerias são positivas pois permitem mitigação de riscos, desoneração de investimentos futuros, e fortalecimento da governança. A sessão é marcada ainda por ganhos para os preços do petróleo no mercado internacional.

- ELETROBRAS ON ganhava 1,14 por cento e ELETROBRAS PNB tinha alta de 2,02 por cento, tendo no radar o anúncio da empresa do plano de negócios de 2018 a 2022, que prevê a redução em 45 por cento do investimento ante o planejamento para 2017-2021.

- RUMO ON avançava 2,91 por cento, entre as maiores altas do Ibovespa, após cair nos sete pregões anteriores, período em que acumulou queda de quase 12 por cento. Na visão de analistas do Credit Suisse, a reação do mercado frente ao noticiário sobre a renovação da Malha Paulista foi exagerado e a forte queda recente é vista como oportunidade de compra, especialmente para investidores de longo prazo, que podem lidar com volatilidade de curto prazo.

Por Flavia Bohone

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below